“PAREDES NUAS”

0

Senti uma pena imensa, quase um desgosto, quando ao olhar em volta, encostada nas almofadas do sofá, com um livro aberto sem o ler, fui «invadida» pela ausência de fotografias. Desfiz-me de todas as que tinha, talvez para me esquecer de ti, de que um dia fui feliz.

pexels-photo-38972

As recordações existem dentro de mim, mas talvez algumas «presenças» emolduradas a cor ou a preto e branco me fizessem bem. Há tão pouco de reconfortante nos telejornais, nas revistas, nas ruas, nas pessoas que passam-desfilam com pressa ou indiferença.

mulher-fotografando

Fecho o livro, guardo o telemóvel no bolso e saio para beber um café. Tomo a decisão de fotografar e encher as paredes de vida.

Maria do Mar

Fotos: DR

0

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta