O Perfume da Leitura

0

Os livros têm um cheiro muito próprio e esse aroma não se deve só ao papel. Tem também a ver com a narrativa que neles vive, com o manuseamento da obra em si, com as notas sensoriais do autor/a e com o leitor que decide abrir as páginas para nelas mergulhar. Os livros têm vida. A deles e a de quem aceita lê-los. Um livro esquecido numa estante está apenas adormecido. E, se ninguém o abrir, então podemos dizer que está em estado “coma”. Não podemos deixar morrer os livros! Vamos lá abri-los, lê-los, relê-los, sentir a sua fragrância para que a vida seja, também ela, mais perfumada…

Autores Nacionais

Este slideshow necessita de JavaScript.

Autores Estrangeiros

Este slideshow necessita de JavaScript.

0

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta