Reviver Leituras …

0

Os livros permitem-nos sonhar, viver aventuras e conhecer outras histórias de vida. Eles são nossos amigos e alguns dos nossos tesouros. E, quando mudamos de casa ou fazemos obras, eles fazem parte da nossa bagagem. Mesmo quando falamos de várias centenas. Foi numa destas ocasiões que comecei a encaixotar alguns dos meus tesouros. Entre eles destaco aqui exemplares que li e reli o ano passado.

“O Que Se Leva Desta Vida”; Alice Vieira; Casa Das Letras

jh_n.png
Um livro de crónicas de Alice Vieira

Há quem tenha editoras favoritas. Eu acho que todas fazem um trabalho exemplar e têm títulos de excelência. Por isso, quando vou a uma Livraria escolho o título ou autor de acordo com as minhas preferências ou estado de espírito. Não tenho em conta se o livro foi editado há 5 anos ou se é uma novidade. Embora sinta curiosidade e, por vezes, adquira o exemplar de que se fala.

Por isso, enquanto arrumava os livros, fui abrindo, folheando e recordando as leituras passadas na praia, no jardim e na esplanada… E a memória foi pródiga em me mostrar momentares ímpares de reflexão e prazer…

22331025_10212539353313091_1441813652_n

“Vencidos da Vida”, Leonard Cohen, Alfaguara; “O Peregrino Secreto”, John Le Carré, D. Quixote; “Os Amores Dificeis”, Ítalo Calvino, Teorema; “UTZ”, Bruce Chatwin, Quetzal; “Assassinaram Um Jornalista”, Terry Gould, Planeta; “Lágrimas na Chuva”, Rosa Montero, Porto Editora; “Os Lindos Braços da Júlia da Farmácia”, J. Rentes de Carvalho, Quetzal; “A Amante Holandesa”, J. Rentes de Carvalho, Quetzal; “O Que se Leva desta Vida”, Alice Vieira, Casa das Letras; “Dias de Ruído y Furia” de Alfredo Urdaci

E, são vários os títulos de eleição:

22361114_10212539347672950_1572351456_n

” O Assédio”, Arturo Pérez-Reverte, da Asa; “Desespero”, Vladimir Nabokov, da Teorema; “Todos os Homens São Mentirosos”, Alberto Manguel, da Teorema; “A Senhora Sócrates”, Gabriel Messadie, Quetzal; “Raposas de Fogo”, Joyce Carol Oates, Casa das Letras; “Um Homem Singular” de Christopher Isherwood, Quetzal; “Em Território Pirata”, de Michael Crichton, Livros d’Hoje; “A Arte da Ressurreição”, Hernan Rivera Letelier, Alfaguara; “Os Devoradores de Livros”, António Victorino de Almeida, Oficina do Livro.

Fotos: DR., Divulgação

0

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta